Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘boêmia’

Quando olho para o lado

vejo que o que me deixa segura

não me fará feliz

 

Quando penso

me perco em incertezas

que me fazem tremer

 

Quando acordo

vejo um novo dia

que terminará incompleto

 

Quando finjo

que está tudo bem e normal

sinto um vazio que me tortura

 

Quando abro as cortinas

o mundo parece um sistema

onde tudo é perfeito menos eu

 

Quando fecho meus olhos

sonho com novidades e certezas

em meio a tantos caminhos sem saida

 

Quando penso que já chorei demais

descubro que estou cada vez mais fundo

em um vale de lágrimas sem fim

 

Quando acho que atingi meu limite

vejo que a esperança

é o que me faz apesar de tudo, sorrir!

Anúncios

Read Full Post »

…Das coisas que penso

Não vou tão longe

Por não entender

O caminho…

…Das palavras soltas

Encontrando refugio

Em memórias

Por ora esquecidas…

…Das canções escritas

Cantando as perdas

Amores esquecidos

Jamais reparados…

…Dos olhares perdidos

Tentando encontrar

A visão perfeita

Sem nunca ser retornada…

…Das noites boemias

A música ao fundo

A noite fria

A promessa de refúgio…

…Das lágrimas derramadas

Pelas almas sem rumo

Procurando no infinito

Seu par nunca visto…

Read Full Post »

Um mergulho

Entre o céu e o inferno

Como se fosse possível

Dividir-se

Ou decidir-se…

Se tivesse razão

Escolheria

Mudaria

Encontraria o caminho

De volta…

Do céu sinto tudo

O cheiro

O prazer

O sabor

A sensação

O amor…

Do inferno

O gosto amargo

As noites em claro

A vontade de fugir

Esquecer…

Se em tudo há retrocesso

Voltaria um pouco

Para ver de perto

Onde foi que errei

E porque acerto

Com menos freqüência

Um mergulho na alma

Poderia curar a tristeza

E me encorajar

A uma nova esperança

Anjos,

É o que o céu e o inferno

Tem em comum…

Read Full Post »

Hoje eu não passo de uma garota perdida

Uma mente vazia

De alguém que dormiu até as 3h da tarde

E não se sente culpada por isso

Hoje talvez eu me embriague

Com alguém que eu não conheço

Arriscando meu inglês ruim

Por um pouco de diversão

Hoje eu posso me dar bem

Mas, também posso me machucar

E eu realmente não me importo

Porque na verdade tudo parece tão igual para mim

Hoje eu posso dar meu telefone para alguém

Ainda não decidi se será o número certo

Posso simplesmente não atender no dia seguinte

Ou fingir que não é engano

Hoje não estou muito preocupada com nada

Uma vida descente já teve mais relevância para mim

E sempre me pergunto o que mudou

Mas acho que foi algo que perdi

Hoje não me interesso

Em recuperar a minha inocência que foi pelo ralo

Junto com as minhas crenças saudáveis

Talvez elas voltem um dia, mas não hoje…

Read Full Post »

Enquanto tiver ar e eu puder suspirar, estou aqui.

E se o trago não acabar, a musica continuar a tocar, não saio.

Enquanto o tremor não passar e a tempestade cair, Agüento…

Enquanto puder lutar e em seguida relaxar, fico assim…

Enquanto não passar e eu não souber amar, É isso ai…

Enquanto vagar por ai sem explicar nada me fizer feliz,

E apoiar meus braços em um balcão de bar me fizer sorrir,

Enquanto a música fizer meu coração bater mais forte,

E noite puder terminar em uma cama qualquer, com alguém de barba mal feita, e isso me completar, eu vivo.

Enquanto meus dedos procurarem carinho, e meu suor abrigo, e qualquer coisa bastar, Me entrego.

E se minha embriaguez não causar estragos no bar. Eu pago a conta.

Enquanto não calar minha razão e falar meu coração. Não adianta

 

Enquanto isso…

Perco o sono, o sonhar, os motivos.

Perco a vergonha, a reputação, mas mantenho meus instintos.

Se puder ser melhor, quero ser a pedra do seu sapato, o calo das suas mãos.

Aquela que você tem vontade de empurrar da escada, de quebrar a mão.

Que é apontada nas ruas, chamada de puta.

Mas que depois, que passa a ressaca, se apaixona e chora.

 

Enquanto amanhã…

Visto a roupa bonita, e tudo muda.

E ninguém me vê dentro daquele terno bem passado

Com mãos cheirando a hidratante caro.

Cheia de sucessos tolos, que impressionam mais do que valem.

O tempo passa… e a noite tudo muda…

E ainda que me chamem de louca, continuo até a porta fechar…

Enquanto agora… não interessa.

 

 

 

 

Read Full Post »